Chinelos personalizados – Empreender e Lucrar

sandálias personalizados para formatura

Seja muito bem vindo a esse post! Hoje vamos falar sobre sandálias personalizados.

Você sempre teve vontade de ter sua própria fábrica de chinelos mas nunca tentou entrar para esse mercado por não saber quais são os passos? Então eu vou te falar três motivos para você começar agora mesmo.

O primeiro é:  baixo investimento, ou seja você não precisa de altas quantias para começar com pouco dinheiro você já pode abrir a sua fábrica de chinelos.

O segundo é:  o mercado é pouco explorado com isso existe pouca concorrência, provavelmente na sua cidade poucas pessoas trabalham com isso ou quase ninguém então você vai sair na frente.

O terceiro é: o alto consumo, afinal quem não usa um chinelo? Muitas pessoas usam chinelo e compra várias vezes durante um ano, então quanto mais o consumo maior vai ser as vendas e maior vai ser procura para esse produto.

Vamos ver uma breve demonstração de quanto você pode lucrar com sua fábrica de chinelos e uma das maneiras mais lucrativas.

Sandálias Personalizados – 3 Formas de Personalização

 

A primeira é: A combinação de cores das alças mais sola. Esta é a mais simples e barata o preço de custo varia de 25 a 4 reais, o preço de venda pode chegar até 15 reais.

O segundo é: Personalização com strass. O preço de custo do chinelo produzido desta maneira varia de 5 a 10 reais e pode ser vendido por até 50 reais.

O terceiro é: Personalização da estampa. O preço de custo é de 7 reais e preço de venda pode chegar até 20 reais.

Vamos fazer uma demonstração com esta última que citei.

Trabalhando 6 horas por dia tirando 4 horas na produção e 2 horas da administração durante 5 dias por semana de segunda a sexta você terá uma produção de 40 chinelos por dia, 200 chinelos por semana, dando um total de 800 sandálias por mês.

Com preço de custo de 7 reais por venda do chinelo e o preço de venda de 20 reais você terá um faturamento de 16.000 reais por mês, com um lucro de 10.400,00 reais.

Umas forma mais eficaz de vendas e com redução muito grande de custos é você criar uma loja virtual ou vender no mercado livre.

 

Qual a Melhor Opção Para Vender Sandálias Personalizados – Loja Virtual Ou Mercado Livre?

 

 

Na loja virtual a vantagem é que você que vai organizar a aparência e as configurações gerais, porém terá um certo custo para criar essa loja e divulgar ela, certamente terá que fazer a divulgação com anúncios pagos.

No mercado livre você não terá custo para iniciar, somente a taxa de venda que o mercado livre cobra por venda que é em torno de 10% do valor da venda.

A principal vantagem do mercado livre é o tráfego (pessoas) que já é do mercado livre, ou seja, como o mercado livre é muito conhecido no mundo todo as pessoas poderão encontrar seus sandálias personalizados com mais facilidade.

Então fica ai as dicas básicas, um exemplo disso tudo é a empresa sandálias personalizados piola que trabalham especificamente com chinelos personalizados para formatura e casamento e que começou do básico e hoje fatura milhares de reais com sua fábrica.

Espero que tenham gostado desse artigo. Volte sempre!

Leia também:

Como as Redes Sociais Destroem os Relacionamentos Amorosos

redes-sociais

Presta bastante atenção nas redes sociais! A primeira delas é tornar-se uma pessoa muito ansiosa até 15 ou 20 anos atrás mais ou menos, quando você queria saber o que estava acontecendo na vida do seu parceiro você tinha um momento do dia para fazer isso.

Hoje você tem um dia inteiro para fazer isso nas redes sociais, olha quanto mudou, olha quanto nosso mundo vem mudando e se você não fica atento a isso você entra numa numa linha de neurose que vai te perturbar muito vai tirar essa tranquilidade, vai te tirar a sua alegria e o seu prazer de estar em um relacionamento.

 

O problema das  redes sociais

O que acontece? À tempos atrás quando você queria saber da vida do seu parceiro se ele tava te traindo você tava fazendo alguma coisa de errado, quando ele chegava em casa ou quando ela chegava você ia lá na carteira dela e a na carteira dele dava uma olhadinha ali que aconteceu no dia da pessoa .

Então aí você tinha mais ou menos ali uma noção do que estava se passando, mas hoje não! Você pode ir em tempo real e a todo momento ficar acompanhando a hora que a pessoa tá online quando a pessoa tá online que que ela tá falando, o quê que ela tá curtindo, e aí você vai ficando muito ansioso muito nervoso o ponto número um de destruição.

Não só do seu relacionamento mas de você mesmo, enquanto pessoa se você não sabe usar as redes sociais você vai se tornar uma pessoa muito ansiosa.

 

A ansiedade das pessoas em relação as redes sociais

Outro ponto que eu vejo muito em consultoria as pessoas me mandam assim ai meu deus o que que a minha namorada ou o que a minha ex-namorada tinha que escreveu aquela frase no Facebook? O que você acha que será que isso significa?

Nem tudo que as pessoas colocam na rede social o que você compartilha ou que você curte enfim o que você escreve lá uma imagem que você coloca nem sempre aquilo está recheado de significado.

Às vezes a pessoa só achou a frase legal e vai lá e posta aquilo, mas não necessariamente isso tocou na alma da pessoa e ela vai lá e coloca aquilo na rede social ela compartilha a gente foi só algo assim legalzinho para ela e a outra pessoa não coloca aquilo como uma importância muito grande que muitas vezes não condiz com a realidade.

Leia também:

O impacto da tecnologia na vida das pessoas

impacto da tecnologia

Com o impacto da tecnologia à um excesso de tempo online, as pessoas costumam passar de 80 a 90% do tempo de trabalho conectada e dizem que estão trabalhando.

Há um problema de produtividade envolvido nesta questão o problema econômico de acordo com uma companhia norte-americana de pesquisa estudantes envio em torno de 10 mil mensagens por mês boa parte dessas mensagens é composta por trivialidades como um: oi! Tudo bem? Como vai?

Ou seja a um sentimento de conexão constante e isso é emocional as pessoas estão se tocando emocionalmente para nutrir esse sentimento de não estarem sozinhas Mas temos que saber que não estamos sozinhos em nossos corações e não por meio de redes sociais ou de alguma outra tecnologia essa atitude precisa seriam plantadas.

Qual o impacto da tecnologia na economia?

 

O impacto enorme, existe uma psicologia sedutora por trás do que funciona esse negócio ele lucra com a compulsão que foi criada pelas redes a internet através do impacto da tecnologia no setor econômico.

Antes por exemplo não havia internet móvel com o desenvolvimento do GPS se percebeu que era possível lucrar com isso, então milhões foram gastos para desenvolver esse sistema de localização.

O Foursquare por exemplo é um negócio baseado na tecnologia antes não se poderia imaginar fazer check-in em restaurantes ou em outros estabelecimentos podemos fazer um comparativo nesse caso vender comida que não é saudável.

É também um negócio que dá muito lucro no entanto você sabe que não é bom comprar esse tipo de alimento sabe que não lhe fará bem o mesmo está acontecendo com esse mercado só porque é um negócio que dá lucro não quer dizer que nós devemos ser consumidores você não deve consumir se isto não for uma fonte de amor para sua vida pessoal e benefício para o seu próprio trabalho.

 

Como será a internet quando ela amadurecer?

 

avanço da tecnologia

Vai ser como nós quisermos, nós que vamos fazer a rede do Futuro. O modelo atual funciona assim, você anda pela rua e tá com celular vê um prédio eu quero saber a história daquele prédio E aí começa a se conectar Mas a questão básica é!

Quem quer andar na rua com os olhos no seu telefone você deve andar na rua com os olhos na rua essa é a premissa que está errada a criatividade está vinculada a solidão como você vai sair criativo se você não tem nenhum momento de solidão.

Tenho colegas que não largam o telefone durante as reuniões para uma eventual emergência, algumas mulheres separadas ficam pesquisando como reconquistar o ex marido, isso é angustiante, ver isso em plena a reunião, as pessoas criam emergências epistemológicas não ao que justifique que você tenha que ficar plugado naquele momento em que você deveria estar interagindo com as pessoas.

 

Qual é a sua definição de solidão?

 

A diferença entre estar sozinho e estar Solitário estar sozinho é estar feliz com a própria companhia ser produtivo sem estar ansioso porque está desconectado ou solitária sentido uma sociedade de desconexão a pessoa fica apavorada quando está desconectada isso é a solidão estar sozinha não quer dizer solidão quer dizer estar consigo mesmo.

Leia também:

As ações da organização erra na estratégico da OPEP

dólar

Neste contexto, os analistas da consultoria especializada Petromatrix argumentam que as ações da organização no último ano podem ser um erro estratégico.

Em novembro passado, a OPEP decidiu não contrariar o declínio dos preços com redução de rendimentos e até mesmo começou a aumentar.

O principal objetivo deste plano era forçar os concorrentes com custos mais elevados, uma vez que as empresas dos EUA de xisto reduziam a produção. Isso não aconteceu, e os preços de mercado excedentes caíram abaixo de US $ 50 por barril.

A preços atuais entre a OPEP

 

Apenas o Kuwait terá fundos suficientes para cobrir as despesas do governo, de acordo com as estimativas do déficit orçamentário do Fundo Monetário Internacional da Arábia Saudita para o ano, serão superiores a 40 bilhões.

bolsa de valores2

Dólares, ou 20% do PIB. Riyadh ainda tem reservas substanciais de divisas e fundos de riqueza soberanos, que suavizam os efeitos de preços baixos, mas isso não se aplica a muitos outros estados.

“Alguns estados podem começar a se perguntar se valeu a pena seguir essa estratégia. Se não houver um reembolso visível até meados do próximo ano, será levantada a questão de uma mudança de política “, disse Christopher Moon, analista da RBC Capital Markets.

Leia mais:

O euro fortalece inesperadamente a atividade comercial

investimento

A atividade comercial no setor privado na área do euro registrou um aumento inesperado em agosto, graças ao aumento do número de pedidos para empresas.

O índice composto de ordens gerenciais (PMI), que é baseado em entrevistas com milhares de empresas da região, atingiu 54,1 pontos este mês.

A estimativa média de analistas foi de declínio para 53,8 pontos em relação ao nível de julho de 53,9. Os resultados também contrastam com o índice PMI do setor industrial na China, que em agosto registrou o maior declínio de seis anos e meio.

Efeito divertido com o  euro

A melhoria do indicador pode significar que o programa para imprimir dinheiro para o Banco Central Europeu (BCE) e o euro fraco finalmente começando a afetar a economia real.

O estudo mostra que as empresas continuam a reduzir os preços, o que é frustrante para o BCE, que visa estimular a evrozonata.Pokazatelyat inflação manteve-se acima do nível de 50 pontos que separa a contração do crescimento desde meados de 2013

“A economia da zona do euro como um todo está definitivamente começando a mostrar resistência. As ordens acumuladas das empresas significam que podemos esperar crescimento estável “, diz Rob Dobson, economista sênior da Markit, que prepara o índice PMI.

De acordo com Dobson, dados recentes sugerem que o crescimento do PIB no trimestre atual pode chegar a 0,4%. Em julho, o sub-índice de preços produtores subiu para 49,8 pontos e alguns analistas esperam que ele passe para um território positivo, mas em agosto relatou um novo declínio para 49,5 pontos .

Por causa da demanda fraca, os negócios regionais baixam os preços sem interrupção a partir de abril de 2012

“O BCE e os políticos da região acompanharão de perto se as tendências dos preços não nos devolverão o perigo de deflação”, diz Dobson.

Crescimento em pedidos

Contudo, os descontos ajudaram a base para o sector dos serviços da economia europeia a alcançar um crescimento acelerado. O índice PMI subiu para 54,3 pontos, em comparação com 54 em julho.

O índice do setor industrial, por sua vez, manteve-se no nível do mês passado – 52,4 pontos. Ambos os índices superaram as previsões iniciais de analizatorite.Makar até agora não alcançou seus objetivos de inflação, o programa de compra de ativos do BCE, que vale 60 bilhões.

Euros por mês, a moeda única se depreciou em quase 8% desde o início do ano. Isso torna a produção nos bens da área do euro mais barata para os mercados estrangeiros e aumenta a demanda.

O subíndice das novas encomendas na fabricação subiu para um máximo de um ano de 52,7 pontos. No índice do setor de serviços, as encomendas acumuladas atingiram 51,4 pontos, o maior nível desde fevereiro de 2011. Leia mais:

A bolsa de valores entra no vermelho

bolsa de valores

As notícias da China atingiram a maioria dos mercados locais – o principal índice da Bolsa de Valores de Xangai se depreciou em mais de 4% na sexta-feira. O índice perdeu mais de 11% durante a semana e retornou aos níveis da queda no mercado de ações em julho.

Durante o comércio Hong Kong Hang Seng Índice caiu 2,4%, enquanto que para toda a semana as perdas atingiram 7,4%. O índice de ações no MSCI da Ásia-Pacífico caiu 2,4 por cento para a sessão e 6.1 para a semana, enquanto o Nikkei japonês perdeu 2.9 e 5.2 por cento.

Os mercados dos EUA seguiram a tendência da Ásia, os principais índices caíram abaixo dos níveis médios das últimas 200 sessões.

Dow Jones Industrial Average perdeu 2,1% e caiu para um ano abaixo de 16 990,69 pontos na quinta-feira. Foi o primeiro fechamento abaixo de 17.000 pontos desde outubro passado e o dia mais claro e brilhante desde fevereiro de 2014.

 

O colapso que parece não ter fim na bolsa de valores

Na sexta-feira, o colapso continuou com novos 3,12% eo índice atingiu 16 459. S & P 500 também caiu mais de 5% em os últimos dois dias na semana passada e já apagou todos os seus ganhos desde o início do ano.

Na abertura dos índices dos mercados europeus nos principais mercados, o índice Stoxx 50, FTSE 100, DAX e CAC 40 também caiu em mais de 2%.

Posteriormente, as perdas são limitadas a cerca de meio ponto percentual graças aos dados de melhoria da atividade no setor de manufatura na maior economia da região – a Alemanha.

No final da sessão, no entanto, o desempenho dos principais mercados de ações – Londres, Frankfurt e Paris, terminou em vermelho em cerca de 3%.

Leia também:

Coma demanda as comodidades crescem

demanda

A venda de mercado de ações aumentou a demanda por metais preciosos e títulos do governo. Durante o preço de negociação do ouro para entrega de dezembro avançou 2,2 por cento para 1153,20 dólares a onça na Bolsa de Valores de Nova York, mas depois retornou aos níveis iniciais. Mais tarde, no dia da sexta-feira, subiu para 1160,60 dólares.

O rendimento dos títulos do Tesouro dos EUA a 10 anos caiu para 2,084%, o que é o nível mais baixo desde 30 de abril.

O rendimento dos títulos alemães idênticos caiu para um mínimo de três semanas de 0,56 por cento. O rendimento dos valores mobiliários cai quando o preço aumenta.

O crescimento lento do chinês aumenta a pressão sobre os preços das commodities, que o país asiático tornou-se um importante usuário na última década. O preço do petróleo bruto Brent caiu para 45,46 dólares o barril na sexta-feira, marcando o período de declínio mais longo desde 1986. O petróleo leve dos EUA caiu brevemente abaixo de US $ 40, o que acontece pela primeira vez desde março de 2009 e terminou a semana em 40.29 , ou declínio de 2,49%.

Ainda otimista com a demanda?

A maioria dos analistas, no entanto, continua a ser otimista, já que os mercados dos EUA e da Europa continuam a crescer (otimista), e o que está acontecendo no momento é definido como uma correção.

Nos EUA, isso não ocorreu em outubro de 2011, lembra o AP. Não há preocupações para o setor corporativo.

A desaceleração na China e outras grandes economias emergentes, como o Brasil atingiu empresas que são recursos relacionados ao mercado, disse à AP Gina Martin Adams, estrategista da Wells Fargo e acrescenta: Tova, mas não o suficiente para prejudicar o desempenho das empresas neste ano.

Mesmo para 2016 A temporada corporativa nos EUA também foi muito boa, os ganhos médios no segundo trimestre aumentaram 0,1% face às expectativas em relação ao declínio de 3,4%.

Leia também:

O crescimento global e os medos que atingem os mercados

As preocupações com a desaceleração econômica do crescimento global desencadearam uma venda de ações em todos os principais mercados de capitais na semana passada, e na sexta-feira, os índices americanos e europeus fecharam com queda de 3%. Wall Street na semana passada foi uma das piores desde 2011.

Embora a economia dos EUA e a zona do euro ainda não sejam motivo de preocupação, a razão do declínio do mercado foi a contração de dados no setor industrial chinês com a taxa de crescimento global mais rápida do mercado mundial. crise financeira agora.

Isso aumentou o nervosismo dos mercados no crescimento da segunda maior economia do mundo, que já atingiu níveis críticos após a desvalorização surpresa do yuan (também na página 11). A recessão no Brasil também incidiu investidores voltados para ativos mais seguros, como ouro e títulos do governo. Essas preocupações,

O crescimento global preocupa os investidores

 

O estudo sobre a atividade do setor industrial na China mostrou contração, levando os investidores a se preocuparem com um possível impacto nos Estados Unidos.

Os mercados ficaram ainda mais frustrados com as expectativas do Federal Reserve de começar a aumentar as taxas de juros. Até a semana passada, havia poucas dúvidas de que isso aconteceria, mas os minutos da última reunião do Fed realizada em julho mostraram que o banco central dos EUA tem preocupações sobre o crescimento global no país por causa dos problemas na China.

Isso é lido pressionando suavemente o pedal para aumentar as taxas de juros. Ao mesmo tempo, os dados de macro mostram boa saúde – o desemprego é de 5,3 por cento, enquanto as vendas de casas existentes em julho foram o nível mais alto desde 2007.

As expectativas de uma recessão no Brasil

Também superam o PIB negativo projetado da maior economia latino-americana neste ano para diminuir um pouco mais de 2%. A mudança, no entanto, está prevista para 2016 – se as pesquisas em janeiro, o Banco Central do Brasil mostrou sentimentos pelo crescimento, agora são para outra recessão.

“As tensões do crescimento global nos mercados emergentes ganharam, incluindo nas expectativas do Fed aumentar taxas. Você não pode pensar seriamente que a metade da economia mundial pode estar mal sem que os efeitos disso começem a ser sentidos na outra metade “, disse Wall Street Journal antes de Charlie Wilson, gerente do Thornburg Developing World Fund. Atualmente, as moedas dos países em desenvolvimento sofrem com a maior depreciação da crise financeira asiática em 90 anos.

Entre os maiores perdedores estão o real brasileiro, o peso colombiano e a lira turca, que apagaram mais de 20% do valor desde o início do ano.

Leia mais em: